quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Vitor Pinhão



VITOR PINHÃO
Nasceu em 1964. Licenciado e Pós-Graduado em Pintura pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa.
Expõe regularmente deste 1995, tendo realizado diversas exposições individuais e colectivas em Portugal, Espanha, Itália, França e Canadá, entre as quais:“Nada”, Galeria Pedro Serrenho, Lisboa, Cinquenta anos de gravura Portuguesa – Fundação Cupertino de Miranda, V.N. de Famalicão, Arte Lisboa 06, Feira de Arte Contemporânea, Galeria Pedro Serrenho – Arte Contemporânea , Lisboa, “Dinâmicas a partir do inevitável”, CAE – Centro de Artes e Espectáculos, Figueira da Foz, P.K. 630,7: Lisboa – Madrid, Galeria Factoria Perro Verde, Madrid, Espanha, “Europa Arte Languases”, Spazio- Laboratorio del Liceo Artistico, Milão, Itália, “Europa: Identitá e linguaggio a confronto”, Pedro Serrenho Arte Contemporânea, Rozzano, Itália, ArteSevilha 2001, Feira de Arte Contemporânea, Sevilha., Maison de la culture Plateu-Mont-Royal, L’espace qui Nous Sèpare, Montréal, Canada, Casa de Serralves, Prémio Baviera de Pintura, Porto, Retrospectiva Prémio Fidelidade Jovens Pintores, Culturgest, Lisboa, 25ème Anniversaire de la Revolution des oeillets, Bobigny, France, Europarque, II Bienal de Arte AIP’96, Stª Maria da Feira.
O seu trabalho foi distinguido com o Prémio Cidade da Amadora, 1º Prémio de Gravura (ex.aequo) na VI Bienal de Gravura da Amadora, 2º Prémio em Pintura no 4º Prémio Fidelidade Jovens Pintores - Companhia de Seguros Fidelidade e Menções Honrosas nos: VIII, XIX e XI do Salão Primavera, Casino Estoril; na IV Bienal de Gravura, Amadora. Foi prémio de aquisição “Cidade da Amadora 20 anos” na VII Bienal 1ª Internacional de Gravura da Amadora.
Encontra-se representado em diversas colecções particulares e institucionais nomeadamente: Câmara Municipal da Amadora, Gravura - Cooperativa de Gravadores Portugueses, Câmara Municipal de Lisboa, Companhia de Seguros Fidelidade, Fundação da Juventude, I.P.O. Coimbra, Associação Nacional de Jovens Empresários, Banco Comercial Português.

1 comentário:

Bruno Moreira Mesquita disse...

Vitor ...adoro os seus quadros!
Já tive a opurtunidade de ver um ao vivo em casa de um Cunhado!
Fiquei espantada!Parabens pelo seu talento!Considero o fantastico!
Inês Pais Lopes