sexta-feira, 15 de maio de 2009

Gago Coutinho

Vivi em Gago Coutinho (1962/64), uma pequena localidade no distrito do Moxico, em Angola. Era sede de circunscrição administrativa, hoje chama-se Lumbala Ngumbo.

Quem já leu António Lobo Antunes, " OS CUS DE JUDAS, CONHECIMENTO DO INFERNO, D'ESTE VIVER AQUI NESTE PAPEL DESCRIPTO...", leu descrições desta terra e de outras pequenas povoações, na altura postos administrativos: Ninda, Chiume, Mussuma, etc.

Tenho boas memórias destes tempos. Fiz lá a 2ª e a 3º classes, numa escola com meninos e meninas brancos, pretos e mestiços e onde brincávamos à vontade. Íamos à catequese na missão de S. Bonifácio, apanhávamos sapos para os por a fazer corridas, trepávamos às árvores, íamos até ao rio, apanhávamos pássaros com armadilhas, apanhávamos maboques, eu sei lá...

Vista aérea Entrada da vila

Rua principal

Estradas entre as povoações, era só areia, só de jipe e camião...

1 comentário:

António Carvalho disse...

A minha Amiga Coruja é muito viajada, também eu estive em Gago Coutinho nos anos setenta, como atestam as imagens da rua principal, da picada junto ao rio Luce a caminho de Ninda e da Missão de S. Bonifácio, ainda hoje sinto uma curiosidade, muito grande em relação á evolução daquele lugar onde estive 28 meses como militar na guerra colonial.
parabéns pelo seu blog e pelo empenho e dedicação às suas obras de arte, sou um admirador do seu trabalho.
bem haja